Make your own free website on Tripod.com
AMIGAS Online*
Atualizações | Clube das Amigas | Horóscopo | Comportamento | Cinema | Música | ESPECIAL VERÃO | Moda | Maquiagem | Cabelos | Namoro | Depilação | Alimentação e Dietas | ACNE | Celulite | Estrias | Cirurgias | Beleza | Anorexia e Bulimia | Bronzeamento Artificial | Amizades | Modelo | Pele | Perfumes | Saúde | Sexo | Etiqueta | Exercícios | Tatoo e Piercing | Sobrancelhas | Unhas

Home









Cirurgias

Bisturi Sem Limites

Quantas cirurgias plásticas sua identidade é capaz de suportar?
O tom da pele é mais branco do que você gostaria, o nariz muito achatado, as olheiras chamam a atenção a qualquer hora do dia, a barriga proeminente impede o uso de biquínis e roupas justas e o cabelo está precisando de um tratamento. A situação parece insolúvel? Nem tanto. Pelo menos não para quem acredita nos poderes da cirurgia plástica e... tem dinheiro para investir na transformação da imagem. Carla Perez é um exemplo de que milagres são possíveis. Mas cuidado para não ser vítima do efeito Frankenstein e deixar de se reconhecer no espelho.
Nas capas de revistas e jornais, a ex-dançarina do grupo É o Tchan surpreendeu a todos com o novo visual. Alguns chegaram a classificá-lo de irreconhecível. Uma cirurgia plástica no nariz, retirada da bolsa sob os olhos, peeling, lipoaspiração, implante de silicone e bronzeamento artificial foram alguns dos instrumentos usados por Carla Perez para operar tamanha transformação. As opiniões sobre o resultado, porém, passaram longe da unanimidade.
Para muitos cirurgiões plásticos, o poder de mudança do bisturi tem limites. Os casos em que há deformação e perda de identidade não devem ser estimulados pelos cirurgiões. Foi o que aconteceu com o cantor Michael Jackson, que queria parecer com a Diana Ross. Isso ultrapassa os limites do bom senso e da ética.
Os casos de transformação radical são raros. A maioria das pacientes quer ficar mais bonita, mas mantendo a identidade. Quanto a Carla Perez, acredita-se que a mudança também foi provocada por maquiagem e tratamentos de pele e de cabelo. Ou seja, o bisturi não pode ser responsabilizado por 100% da melhora.
Os Cirurgiões acreditam que as transformações radicais podem ser justificáveis ou não. No primeiro grupo, estão os casos de pessoas que precisam de uma mudança visual para aumentar a auto-estima e/ou corrigir deformações. No grupo dos casos não justificáveis, encontram-se os de pessoas que querem a cirurgia para atender a solicitações de terceiros.
Isso acontece muito com artistas, cujos empresários pedem que elas mudem de imagem para se adaptarem a novos trabalhos ou aparecerem mais na mídia. Há ainda os casos de mulheres que acham que, mudando de aparência, vão salvar o casamento. Cabe ao cirurgião avaliar o que está motivando a paciente e saber impor limites.
Mudanças radicais de imagens têm a ver, principalmente, com necessidades profissionais. Mulheres como a Carla Perez vivem da imagem, não podem ser comparadas a outras profissionais. Quando elas querem ganhar destaque, fazem uma cirurgia plástica. As outras vão fazer um mestrado.
Por trás de tanto investimento na transformação da imagem estão objetivos comerciais. Se uma pessoa comum decide mudar de fisionomia de forma tão intensa, é preocupante, reflete uma insatisfação muito grande consigo mesma. Mas no caso de atrizes e modelos, é quase natural, esperado pelo mercado.

Lipoaspiração e Lipoescultura

Para alcançar o padrão de beleza atual, a mulher principalmente, submete-se a uma série de "sacrifícios", como dietas, medicamentos, rotina de massagens, saunas, exercícios exaustivos, terapias alternativas, intervenções cirúrgicas. As gorduras localizadas são alterações no corpo humano que mais incomodam e levam as pessoas a procurar o cirurgião plástico.
As camadas de tecido gorduroso são divididas em superficial e profunda, e estão divididas de maneira diferente de acordo com as regiões do corpo. As áreas de gordura localizadas normalmente ocorrem na região cervical ("papada"), nos braços, no tórax (mamas, região lateral das mamas e posterior), abdômem, culotes, dorso ("costas"), glúteos ("bumbum") e coxas.
O tratamento dessas áreas de gordura localizada é realizado pela Lipoaspiração, que é a aspiração através de caninhos conectadas à sistema de sucção. Este procedimento pode ser realizado sob anestesia local, bloqueios peridural ou intradural ou anestesia geral.Pode ser ambulatorial (ir para casa no mesmo dia) ou necessitar de um dia de internação.
As áreas aspiradas normalmente ficam inchadas e com hematomas e roxos e há necessidade do uso de malhas(como aquelas faixas que apertam) compressivas e massagens (drenagem linfática) no pós operatório.
O acesso para a entrada dos caninhos (cânulas) é realizado através de pequenas incisões que podem ser fechadas com pontos delicados ou mesmo com esparadrapagem com pontos falsos.
Quando realizam a lipoaspiração seguido da aplicação de parte da gordura em áreas deprimidas, objetivando um melhor contorno corporal, temos a lipoescultura.

Estrelinhas**!

Silicone nos Seios

Os implantes de silicone médico são usados para correção estética ou reparadora das mamas(seios), do bumbum, pernas, entre outras áreas. Com a nossa querida evolução da medicina, estas próteses são cada vez melhores e com os novos avanços, mais seguros.
A prótese mamária é aumento das mamas, a correção das diferenças entre estas e na reconstrução após mastectomia (retirada das mamas, ocorre quando se tem câncer de mama). As próteses são sempre são manuseadas de forma limpa e higienica na sala de cirúrgia. A cirurgia pode ser realizada com anestesia local ou geral, dependendo do caso. As próteses podem ser colocadas atrás da glândula mamária (sub-glandular) ou no músculo peitoral maior (Retromuscular).
A escolha do tamanho deve ser sempre discutida entre o cirurgião plástico que vai operar a paciente. O médico deve explicar os diferentes tipos, tamanhos, formatos, texturas das próteses, e a paciente deve expor as suas expectativas, tirar todas suas dúvidas, consultar fotos e próteses antes de tomar uma decisão.
Tecnicamente, silicone significa composto de moléculas formadas
por átomos de oxigênio e silício, que deixam aqueles peitões.
Será que essa substância não é prejudicial à saúde? O implante pode romper?
E no caso de arrependimento, dá pra retirar o silicone? Seios com silicone
podem amamentar? Essas são algumas dúvidas pra quem quer aumentar os
seios. E você amiga, tá contente com os seus?
Ao invés de cobiçar os peitos grandes curta os seus e faça deles os mais
show de bola. Algumas mulheres estão muito bem com seus seios pequenininhos.
É o caso da Adriane Galisteu e a Mel Lisboa. Elas não têm vergonha em usar
roupas decotadas e mostrar os seios fora do padrão. E por que você tem?
Se ame amiga e curta tudo de bom que você tem. Mas às vezes os seios são
quase invisíveis e você fica com muita vergonha de colocar um biquíni?
Então vá em frente e procure um cirurgião.
Deve lembra que a prótese deve ser trocada no após o tempo de 10 a 12 anos de sua colocação. Todo ano a paciente deve ser avaliada pelo seu médico ginecologista, mastologista ou cirurgião plástico, para ver se as mamas estão no lugar e normais, e isso deve ser feito por todas as meninas, e não só por aquelas que possuem próteses



Judy Winter
judyamiga@bol.com.br